Luzes para as trevas

Pois tudo o que Deus criou é bom, e nada deve ser rejeitado, se for recebido com ação de graças, pois é santificado pela palavra de Deus e pela oração” 1 Timóteo 4:4,5

Uma das referências da palavra glória na Bíblia está ligada com o brilhar divino, ou seja, quando realizamos algo neste mundo para a glória de Deus, aquilo que realizamos reflete a santidade, a majestade, a bondade, o amor e muitos outros dos atributos do nosso Criador. É por este motivo que as Escrituras nos convoca a vivermos em todos os momentos para a glória de Deus, pois só assim, tudo que tocarmos comunicará o brilho de Deus através da nossa instrumentalidade, e consequentemente, o Senhor será enaltecido e o fruto da nossa ação renderá louvor a Ele.

Esta é a nossa missão delegada para este mundo de trevas: comunicar a glória de Deus em tudo e em todos para que o Reino de luz do nosso Criador seja expandido e a terra cada dia mais seja clariada pela majestade, santidade e justiça do Senhor e do seu povo. É por meio da nossa ação em obediência, que este mundo rebelde poderá se quebrantar diante da autoridade do Senhor do universo.

Nosso chamado como igreja é profeticamente proclamar a chegada do Reino de Deus por meio de sua obra na cruz e na ressurreição, que possibilitou a reconciliação de todas as coisas. Não só o ser humano se beneficia da obra do senhor Jesus, mas todo ser criado é abençoado por esta obra, que quebrou o muro do pecado, que separava Criador e criatura. Os eleitos de Deus são chamados pelo Espírito para que possam comunicar a glória do Criador para este mundo salvando-o do poder da morte.

Esta é a nossa tarefa como integrantes salvos do reino das trevas e vivos no Reino da luz. Nos submetendo a Palavra de Deus e em intimidade com Ele somos usados para a santificação de tudo criado. Não podemos nos omitir para este chamado missional. Você pode ser instrumento do Senhor para comunicar da Sua glória e retirar o poder das trevas em qualquer lugar onde você possa estar amanhã. Que o Senhor nos use cada dia mais nesta missão.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *