Maior que eu

Mesmo na prisão, o apóstolo Paulo nos mostra o quanto aquela situação, que parecia ser avassaladora para o seu ministério foi usada por Deus para ensinar lhe, que o protagonista da sua história não era ele, mas Ele. O propósito do Evangelho, que é maior que qualquer outro propósito, alinha a frequência de Paulo para aproveitar as oportunidades da prisão e também para lidar com os que tentavam lhe ofender devido às suas dores. Nesta mensagem podemos perceber que Deus age em meio aos nossos momentos de incertezas e medos para fazer com que Seu nome seja reconhecido por todos.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta, no dia 13 de setembro no templo da Igreja Presbiteriana Moriah de Americana-SP

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *