Casa dividida

Como prevalecerá uma família dividida diante de uma grande responsabilidade? Com certeza ruirá! Por causa de uma problemática em Filipos o apóstolo Paulo chama atenção da comunidade para que uma desavença pessoal não se torne em uma vulnerabilidade na família cristã. Nesta mensagem somos desafiados a lutar pela unidade cristã em nossa igreja local, pois só assim vivenciaremos a bênção de Deus.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 29 de novembro na igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

Colônia do céu

Paulo ao escrever para a cidade de Filipos, uma cidade colônia de Roma, usa esta analogia para revelar aos crentes daquela localidade o que significa ser um cidadão do céu. Nesta recomendação o apóstolo nos orienta a respeito de como um cidadão do céu pode viver hoje trazendo os ideais de um Reino celestial na prática do dia a dia. Esta atitude trará libertação e bênçãos sem medidas para todos os lugares em que os súditos do Rei Jesus residirem e atuarem.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 22 de novembro de 2020 na igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

 

Linha de chegada

Estamos em uma corrida cheia de distrações! O apóstolo Paulo chama a nossa atenção para que não pensemos que já terminamos alguma coisa, ou então, que já vencemos. É importante aprender nesta instrução de que Cristo nos colocou em uma maratona, nos garantiu que chegaremos ao final, mas que hoje ainda precisamos focar para os objetivos verdadeiros do cristianismo para não cairmos atraídos pelo mundo secularizado. A linha de chegada está próxima e por isso estamos juntos em amor para permanecermos firmes e animados no chamado de Jesus.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 15 de novembro de 2020 na Igreja Presbiteriana de Americana-SP

Valores adulterados

Muitas coisas que o apóstolo Paulo recebera dos seus pais, de suas tradições e de sua prática religiosa foram inicialmente bênção de Deus, mas infelizmente tudo isso acabara como um combustível adulterado e corrompido de seus propósitos iniciais. Desta forma, em Cristo, o apóstolo encontrou o verdadeiro valor da religião e sua visão de mundo foi transformada. Em Cristo tudo o que era importante para Paulo perdeu o sentido e novas perspectivas de importância foram formadas em sua mente e coração. Será que também estamos cegos em termos de valores e religiosidade?

Alegria que traz segurança

Estar alegre é resultado de uma confiança em Deus. Esta confiança gera segurança em todo o nosso ser para que possamos lidar com os altos e baixos desta vida de uma maneira leve e madura. Paulo nos ensina nesta mensagem, que a alegria que gera segurança é sobrenatural e contrasta com aquela que é conquistada pela carne, que sempre é ilusória e passageira. Estar alegre é desfrutar de um Deus paterno e caminhar certo de que tudo quanto possa acontecer esta nas mãos dele.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 1 de novembro de 2020 na Igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

Gente como a gente

Timóteo e Epafrodito são servos de Deus, que nos inspiram por sua devoção e compromisso com o Reino de Deus. Observando as descrições que o apóstolo Paulo faz deles podemos perceber que quando Jesus entra em nossas vidas podemos vivenciar uma nova história. Esta não é isenta de lutas, derrotas e lágrimas, mas carregada da paz que vem do alto.  Os personagens bíblico são gente como a gente, por isso, podemos olhar para ele e sermos confortados, animados e desafiados.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 25 de outubro na Igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

O brilhar da salvação

O Filho de Deus veio a este mundo para reconciliar com Deus toda a criação, por isso, a dimensão da salvação não é apenas algo espiritual, mas absoluto. Ao perceber esta ênfase teológica todo crente é desafiado pelo apóstolo Paulo a ser instrumento de salvação neste mundo em trevas. Em cada local em que um cristão chega ele é veículo do Espírito para levar o brilho do alto.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 18 de outubro na Igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

O Deus estranho

No dicionário, o adjetivo “estranho” tem como significados alguns conceitos interessantes. Pode ser entendido como “fora do comum”, “extraordinário”, “inesperado”, etc… Desta maneira, quando o apóstolo Paulo descreve quem é Jesus Cristo aos Filipenses, com certeza, todos ficaram surpresos, porque até então ninguém jamais poderia reconhecer atributos como demonstrados pelo Messias como de um ser divino.  O Filho de Deus revela quem Deus é e talvez você também ao ouvir poderá achar estranho que um Deus possa fazer o que Ele fez. 

Sermão pregado no dia 11 de outubro de 2020 na Igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP

Ser cristão

Você já se perguntou o que é ser cristão? Talvez as respostas que mais ouvimos quanto a esta questão envolvam uma lista de atividades a serem realizadas, por exemplo, ir à igreja, ler a bíblia, fazer orações… Mas ser não é apenas fazer, por isso, muitos confundem o cristianismo com atividades e não percebem que a essência está em ser em não em fazer. Antes de fazer qualquer coisa um cristão é em seu íntimo identificado com Deus, por isso, nesta mensagem o apóstolo Paulo nos ajudará a perceber o que de fato é ser cristão.

Sermão pregado no dia 04 de outubro de 2020 na Igreja Presbiteriana Moriah em Ameircana-SP

Palavras vivas

O Evangelho quando chega ao conhecimento do eleito de Deus o faz despertar para uma nova vida. Esta é marcada pela renovação do coração e do comportamento, por isso, todo aquele que nasceu do Espírito tem uma prática de vida completamente pautada por Ele. Não adianta dizer que Deus conhece o coração se as suas obras não condizem com as descritas como fruto do Evangelho de Jesus. Quem encontrou-se com o Filho de Deus não deseja viver nunca mais uma vida secular.

Sermão pregado pelo Rev. David Horta no dia 27 de setembro de 2020 na Igreja Presbiteriana Moriah em Americana-SP